O que eu não faço

Sempre quando estamos pensando um site para empresas ou profissionais da área de prestação de serviços, o que sempre nos importamos é mostrar o que fazemos.

Mas com a quantidade de propostas indecentes que recebo, como fazer um site de graça em troca de “reconhecimento” ou de receber novos clientes em troca, ser indicado para uma grande empresa etc, decidi apresentar aqui uma lista das coisas que não faço no meu trabalho.

Não faço site igualzinho ao do concorrente. Não trabalho com CTRL+C e CTRL+V, quando solicito sites interessantes ao cliente é para pegar aquilo que ele gosta e me inspirar, não simplesmente copiar.

Não traduzo nem faço adaptações. Fazer download ilegal de um tema premium e me enviar para “deixar com a cara da sua empresa” não dá.

Terminar um trabalho que alguém deixou pela metade, cada um tem seu jeito de trabalhar, o meu é não é corrigir serviços malfeitos. Muito menos pegar um trabalho porco e ter que corrigir ele em troca de algumas migalhas.

Não deixo trabalho pela metade. Sempre começo e termino um trabalho, e desde que o cliente cumpra com suas obrigações, o job é entregue sempre no prazo.

Não descanso até concluir. Prezo pelo entrega na data marcada.

Não trabalho com cliente chato. O prazo é 30 dias? Em 30 dias será entregue. Então não fique enviando e-mail todo dia querendo saber do andamento e o que avançou a cada dia. Tem dias que trabalho 18 horas, tem outros que nem ligo o computador, então evite esse tipo de incomodo.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *