Os 3 vilões do carrinho abandonado no WooCommerce

Carrinho abandonado no WooCommerce

O WooCommerce é sem dúvidas uma excelente plataforma e possui uma curva de aprendizado muito baixa e um custo de manutenção excelente. Mas no final das contas, é apenas a plataforma, mas que ajuda e muito no bom funcionamento do seu negócio.

No entanto, sem saber a estratégia correta e sem saber o que fazer com as informações que você tem disponível, a plataforma em site não irá ajudar muito. Um dos grandes problemas do e-commerce em geral, não só do WooCommerce, é o carrinho abandonado.

Em 2017 a taxa de abandono chegava a mais de 80% dos carrinhos, em média. Uma série de fatores causam esse problema e deve ser analisado com cuidado na sua loja. Mas separei alguns motivos comuns que já observei por aí e vale a pena estar atento na sua loja.

Custo do frete

O custo do frete impacta diretamente na taxa de abandono de carrinhos. Especialmente se você não usa um simulador de frete na página do produto, que permitiria ao cliente calcular o frete antes mesmo de adicionar ao carrinho.

Claro, mesmo que o usuário simule o custo na página do produto o valor do envio será o mesmo que na página do carrinho, mas isso é especialmente importante em momentos em que o usuário está verificando se o produto é para ele ou não. Às vezes ele abre diversas páginas com o mesmo produto e compara a relação média produto + frete. Sem a possibilidade de calcular o frete ele pode desistir da compra logo de cara.

Além disso, imagine que na concorrência o produto custa R$ 125,00 e no seu site é R$ 132,00. Esse valor pode ser compensado na diferença com o frete. Mas caso seja difícil para o cliente fazer este teste ele pode desistir.

Checkout pouco amigável

O checkout padrão do WooCommerce pode ser bastante problemático. São muitos campos, algumas vezes irrelevantes (como empresa e sexo, por exemplo), então uma otimização sempre cai bem.

Você deve estar atento se a navegação no checkout é fácil e transmite segurança. Os clientes estão colocando dados pessoais e de cartão de crédito, então é importante mostrar que trata-se de uma loja confiável. Adicione pelo menos um SSL ao seu site e tenha um layout amigável. Ainda que o layout não seja fator de segurança, um tema bem desenvolvido demonstra profissionalismo.

Faça testes de conversão. Experimente diferentes métodos de pagamento. Experimente remover campos do checkout. Experimente checkout em página única, faça testes com checkout para WooCommerce em múltiplas etapas. Pode haver uma média no mercado, mas somente testando que você chegará a um melhor resultado no seu negócio.

Além disso, deixe claro quanto o cliente está pagando, se possível adicione opções de parcelamento e desconto diretamente na página do produto, e seja claro no checkout. Isso é importante para o cliente ter certeza do preço final, sem surpresas. Isso é uma causa frequente de devoluções em lojas pouco planejadas.

Falhas no site

Este ponto entra diretamente no já mencionado anteriormente de profissionalismo. Confesso, aqui mesmo no meu site já tive reclamações de clientes que não conseguiam fechar compra por problemas bobos. Com um checklist básico seria possível resolvê-los:

  • Página de categorias está funcionando
  • Página do produto
  • Botões de adicionar ao carrinho
  • Gateways de pagamento estão 100% (em todos os métodos)
  • O frete está sendo calculado corretamente (tenha pelo menos 5 CEPs de diferentes estados para verificar)

Finalizando

Estes são alguns pontos a se observar, você ainda deve estar atento aos custos do produto, se estão de acordo com o mercado e também com sua estratégia. Se a divulgação está adequada. Você pode estar simplesmente atraindo as pessoas erradas para a sua loja, por isso elas naturalmente não fecham a compra.

Analise seus números. Enquanto gestor de e-commerce você deve focar em vender, mas esteja de olhos atentos a outros detalhes para obter novos inputs e também para saber como identificar problemas e contratar pessoas adequadas.

Você já aplicou alguma estratégia para reduzir a taxa de abandono? Deixe aí nos comentários.

Eu já testei mais de 10 ferramentas para recuperar carrinho abandonado e pretendo preparar uma lista com as melhores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}